terça-feira, 21 de outubro de 2014

Aplicação da fórmula mágica de Joel Greenblatt no Ibovespa


Estou dando uma pausa na série "Grandes investidores que bateram o S&P 500 ao longo do tempo" para compartilhar algo muito bacana com vocês.

Para quem não leu o post anterior sobre Joel Greenblatt, saibam que o mesmo é um famoso investidor que conseguiu bater o S&P 500 por mais de 15 anos consecutivos a uma taxa de aproximadamente 30% ao ano. Tal feito foi possível, segundo Greenblatt, devido a aplicação de uma simples fórmula baseada em análise fundamentalista.

Fiquei muito curioso para saber qual seria o rank das ações que compõem o Ibovespa utilizando a tal fórmula mágica, então corri atrás de uma metodologia rápida, em planilha excel, utilizando macros para buscar as informações na internet. E aproveito o ensejo para agradecer um dos meus melhores amigos, Raffael Pinheiro, que é web designer e me ajudou a entender o funcionamento da macro para buscar informações em páginas web. Aliás, foi ele quem pegou o código de uma planilha que eu tinha e colocou boa parte dos dados que coletei na planilha que segue para vocês nesse post.

Tenho o maior prazer de compartilhar, inclusive com o código aberto, para que vocês possam fazer bom uso dela. Abaixo seguem o passo a passo com os locais aonde consegui as informações:

  1. Puxei as ações do Ibovespa no site da BMF: Índice Bovespa;
  2. As informações desejadas das ações eu consegui no site da Fundamentus: Fundamentus.com.br
Como usar a planilha:

  1. Você pode apagar todas as informações da planilha que esotu enviando para vocês;
  2. Coloque o código da ação desejada na coluna "A" (Ativos);
  3. Aperte o botão do lado direito "Pegar dados";
  4. Aguarde a planilha buscar os dados dos ativos;
  5. Pronto! A planilha buscou do site Fundamentus os dados de P/L, P/VP, P/EBIT, Div. Yield, EV EBIT e ROE.
As colunas "H", "I" e "J" eu fiz por minha conta, mas elas basicamente são a parte final para se chegar ao resultado da fórmula mágica. Após rodar a marco da planilha, você verifica em que posição ficaram as ações no ROE (quanto maior melhor) e depois a posição do P/L (quanto menor melhor). Aí é só somar as posições e ordenar a planilha de forma crescente com o resultado, assim você vai ter as ações ordenadas conforme a fórmula de Grennblatt. 

Gostaria apenas de ressaltar que eu considerei todas as ações, incluindo aquelas que o método, se seguido a risca, teria excluído. Ações de infraestrutura e públicas não deveriam entrar na conta, mas fica aí somente como curiosidade para vocês.

Também acho importante destacar que essa análise é muito simplista para você basear seus investimentos. Meu intuito em compartilhar é mais para mostrar como o método é simples, mas o ideal seria fazer isso pegando a média dos últimos anos, além de estudar o posicionamento das empresas no mercado atual. Um bom P/L e um bom ROE não significam exatamente que a empresa está em um bom momento, podendo apenas ter sido um resultado pontual. 

Espero que gostem.

Segue planilha para download: clique aqui


5 comentários:

Sebastião Rangel disse...

Olá, parabéns pelo artigo. Não consegui baixar a planilha.

Victor Ventura disse...

Realmente está acontecendo algum problema no link. Vou arrumar Sebatiao

Victor Ventura disse...

Já arrumei, Sebastião. Pode baixar agora.

Joao Cesar Escossia disse...

Oi Victor,

Parabéns pelo excelente artigo. Recebo a mensagem 'Named argument not found'
Eu estou tendo problemas com a planilha. Você saberia dizer o que está acontecendo?

Obrigado

Victor Ventura disse...

Mandei um hangouts pra vc João. Vou ver o que está acontecendo e postar novamente, ok?