quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Daniel Topel, fundador da Netmovies - Como uma boa formação ajuda




Já ouviu falar na Netmovies? Não?

Bom, a Netmovies é uma empresa de locação de filmes, mas que tem um modelo de negócios bastante peculiar, que vem ganhando cada vez mais espaço aqui no Brasil. A Netmovies atende nas principais capitais do país e vem crescendo em ritmo aluscinante (vide matéria abaixo).

Entretanto, o que mais me impressionou nessa história toda não foi a história propriamente dita, mas o responsável por ela: Daniel Topel. Com uma formação considerada excelente, Topel vem mostrando que estudo aplicado compensa. Eu, particularmente, sou vidrado nessas coisas. Adoro ver trabalhos acadêmicos virando realidade. Quanto à modelagem matemática - NEM SE FALA - é apaixonante.

Leiam a matéria sobre o Daniel Topel que saiu no Portal Exame. Muito interessante.

_____________________________________

Fonte: Portal Exame

"O matemático persa Beremiz Samir, personagem fictício criado pelo autor brasileiro Malba Tahan, usava números para resolver qualquer tipo de problema. Viajando pelo deserto, ele fazia cálculos para resolver questões nebulosas, como o enigma matemático que propõe a divisão de 35 camelos entre três irmãos. Samir, protagonista do livro O Homem Que Calculava, usava a combinação dos números como aliada. Foi o mesmo truque que Daniel Topel, fundador e presidente da videolocadora online NetMovies, empresa líder do setor no Brasil, aprendeu a usar ao longo dos anos. Formado em física e mestre em engenharia, o paulistano Topel construiu sua carreira misturando a matemática ao mundo dos negócios. Seu primeiro emprego depois de concluir o mestrado na prestigiada Universidade Stanford foi numa empresa de software chamada Applied Decision Analysis (ADA). Foi lá que ele também começou a aliar variáveis numéricas a informações de mercado para simular cenários futuros. Na época, o conceito foi aplicado nos setores farmacêutico, automobilístico e de transportes, entre outros. Mais tarde, ao somar o conhecimento de elaboração de métodos quantitativos a uma veia empreendedora, Topel passou a usar os cálculos a seu favor. "Ele sempre foi um crânio e muito empenhado na solução dos desafios", diz André Levy, seu colega em Stanford e com quem trabalhou na ADA.
Durante quatro anos, o fundador da NetMovies amadureceu ideias e modelos matemáticos para colocar de pé o negócio da videolocadora. O modelo, semelhante ao da americana Netflix, é complexo, formado por complicadas regras que definem a logística de entrega e retirada dos DVDs. Quando percebeu que não conseguiria fazer a entrega dos discos pelo correio, Topel começou a estudar as possibilidades de se associar a transportadoras. Mas, em vez de conseguir descontos, decidiu aliar o conhecimento de processos logísticos acumulado na Ilog, empresa em que trabalhou de 2000 a 2007 elaborando software de informações de negócio aplicado a operações logísticas, para tornar-se parceiro das transportadoras. "Eu me oferecia para melhorar o processo deles em troca da associação", diz. Aplicando números aqui e ali, o negócio foi se mostrando eficiente.

Os conhecimentos matemáticos também foram aplicados na própria empresa. Quem assina o serviço da NetMovies recebe um número determinado de filmes em casa (um, dois ou três) - e não tem prazo para devolvê-los. Ou seja: não há como estimar quanto tempo determinado título ficará indisponível para os outros clientes. O usuário pode definir manualmente uma lista do que deseja receber em casa, mas quem dá o veredicto sobre os filmes que serão entregues nas residências são os algoritmos criados por Topel e sua equipe.

Os cálculos envolvem disponibilidade de estoque, endereço, preferências e outras variáveis e são desenhados para atingir o nível máximo de satisfação dos usuários. É um sistema sobre o qual Topel procura falar pouco, mas que ele garante ser o diferencial da empresa. Apenas quatro meses depois de a NetMovies iniciar suas atividades, ainda em 2006, a concorrente Flexfilmes, que havia sido lançada seis meses antes, acabou colocando a operação à venda - prontamente arrematada pela NetMovies. "Eles tinham quatro vezes mais filmes, mas nosso sistema permitiu um nível de eficiência mais alto", diz.

Aplicando números aqui e ali, o negócio cresceu. Após três anos de operações, a NetMovies soma hoje cerca de 70 funcionários, 20 000 filmes no acervo e a compra de três de seus quatro maiores concorrentes: Videoflix, Pipoca Online e Flexfilmes (o único grande concorrente que restou é a Blockbuster Online, do grupo B2W). Para 2010, a meta é aumentar em 350% o faturamento de 2009, o que significa fechar o ano com receita de mais de 50 milhões de reais. Além de crescer o negócio de locação - que já tem cobertura em quase 100 cidades -, a NetMovies vai abrir uma nova linha de receita: a publicidade geolocalizada. Unindo as informações sobre o endereço dos assinantes com suas preferências cinematográficas, Topel pretende vender o espaço nos envelopes dos filmes para anúncios hiperdirecionados. "Posso garantir que o anunciante vai ter impacto em mulheres, em determinado bairro e de uma faixa etária específica, por exemplo", diz. Além disso, a empresa aposta em novas mídias e formatos, como os vídeos online, serviço lançado no ano passado e que hoje soma 1 500 títulos que podem ser assistidos via streaming. As iniciativas da americana Netflix também dão mostras dos caminhos que a empresa deverá percorrer por aqui. Lá, por exemplo, os filmes podem ser baixados por aparelhos de videogame como Xbox ou Playstation, e o usuário assiste ao filme no televisor. No começo de agosto, a Netflix pagou 1 bilhão de dólares pelos direitos de oferecer também via internet filmes dos estúdios Paramount Pictures, Lions Gate e MGM. "São ofertas que nós planejamos poder disponibilizar para os usuários brasileiros em breve", diz Topel.

O presidente da NetMovies é conhecido por perseguir suas ideias obsessivamente. Igor Heinzer, com quem Topel morou e também trabalhou durante sua temporada nos Estados Unidos, diz que o colega sempre foi reconhecido por seu comprometimento. "E isso sem perder a esportiva", afirma. Certa vez, quando os amigos o chamaram para fazer snowboarding em Lake Tahoe, na Califórnia, Topel aceitou, mesmo sem experiência alguma no esporte. Enquanto eles seguiram para a montanha com equipamentos e trajes apropriados, o iniciante os acompanhou usando jeans.

Topel passou três dias caindo na neve, enquanto os demais se divertiam à sua custa. Mesmo assim, ele reagia a tudo com bom humor e novas tentativas. "É muito parecido com seu perfil profissional", diz Heinzer. "Ele não desiste de algo que esteja decidido a fazer." Há quem diga, no entanto, que tamanha obsessão pode atrapalhar em negociações. "Ele é muito ansioso e, às vezes, não parece muito disposto a ouvir", diz um executivo de uma empresa que negociou uma parceria com Topel. Mesmo dentro da NetMovies, os funcionários de longa data são os que conseguiram de alguma maneira se adaptar à forma de trabalho do chefe. "Ele sempre responde a uma nova ideia questionando tudo o que acha que pode dar errado, e isso pode soar como um balde de água fria", diz Gustavo Capistrano Haramuro, gerente de operações da NetMovies desde 2007. "Mas é o jeito dele de avaliar sua sugestão. Se ele comprar a ideia, vai defendê-la até o fim."

O perfil de Topel agradou à holding Ideiasnet, que no início deste ano investiu 4,5 milhões de reais na NetMovies. "Pela própria formação acadêmica do Daniel, já é possível perceber que se trata de uma pessoa diferente", diz Marcelo Almeida, diretor de desenvolvimento de negócios da Ideiasnet, empresa listada na Bovespa que também tem participação em companhias de base tecnológica. O apoio do investidor representou o fôlego necessário para alcançar o objetivo que, desde o início, os números indicaram como fundamental: escala. Agora, a NetMovies busca variar seus canais de negócios para cumprir a meta de crescimento exigida pelo investidor, que possui 52,8% da empresa. Diz o ditado que "números não mentem". Mas a criação das fórmulas que apontam para os resultados certos depende do matemático. É aí que Topel comemora sua formação: 'Para alguma coisa a física tinha de servir'."



13 comentários:

Suzana Azevedo da Silva Vancelloti disse...

A iniciativa do sr. Daniel Topel é, sim, muito interessante, mas não parece estar dando certo. Os serviços telefônicos não atendem o consumidor, os consumidores são debitados indevidamente em suas contas bancárias e não conseguem entrar em contato nem por telefone nem pelo site. Os atendentes não respondem a emails ou chamados feitos no próprio site e por isso tudo não se consegue o cancelamento do serviço. Basta ver pelo nº absurdo de reclamações no site reclame aqui. Eu mesma estou sendo vítima do descaso e despreparo da empresa. Recebi a proposta para testar de graça o serviço. Não seria cobrada se cancelasse em até 5 dias antes. Não consegui cancelar de forma alguma, os telefones soltam uma mensagem elogiando a netmovies por algumas vezes e depois a ligação cai. No site não lhe dão a mínima. E acabei sendo cobrada por algo que não usei.

MOURACARLOS disse...

Venho aqui fazer parte deste grupo de enganados pela Net Movies, há aproximadamente um mês atrás assinei com a empresa em questão para receber os filmes, no começo era mil maravilhas mas após o cancelamento da assinatura o pesadelo começou, me debitaram um mês novamente, minha assinatura está cancelada, tento contato todos os dias, geralmente quando atendem (uma sorte em conseguir falar) me informam que estão em fase de reestruturação e assim que regularizarem a estruturação estarão resolvendo o meu problema. Além de reclamar aqui, estarei reclamando também nos órgãos de defesa do consumidor, e se possível registrarei um boletim de ocorrência, como forma de protesto, estarei comunicando emissoras de televisão que publicam propagandas da Net Movies para que esta falta de respeito acabe de vez. Divulguem para todos que vocês conhecem, divulguem na Net para que isso pare de acontecer.

Anônimo disse...

Realmente a história do Sr. Daniel Topel é interessante e é inegável sua habilidade com números. Porém também é inegável a tamanha incompetência desta empresa no atendimento ao cliente.

A própria figura da "Ouvidoria Netmovies" criada para administrar e interagir com clientes pelas redes sociais simplesmente desapareceu destes meios.

klaus prodgraf disse...

A NETMOVIES também atende pelo vulgode OIFILMES contratado pelo pelo site da OI (https://central.oi.com.br/oicc/customer/center/Home).
Este serviço não funciona. Fizeram uma única entrega de um único filme em “duplicata”, contratei 4 filmes por mes. Levaram dois meses para buscá-lo.
Mas cobram o serviço todo mês. É UMA MOLECAGEM DA EMPRESA PARA GANHAR DINHEIRO: um serviço sem telefone de contato, sem e-mail, sem nenhum meio de acesso com uma advertência: ” A assinatura será renovada automaticamente a cada mês até que seja cancelada ligando para a central de atendimento com pelo menos 5 dias úteis de antecedência do vencimento.”
MAS NÂO INFORMA O TELEFONE.

MAS o mal atendimento não é privilégio deles. A OI também simplesmente não atende. Este é o atendimento do CHAT:
Nádia Cruz14:43:25Para efetuar Cancelamento, é somente por telefone, através dos números:
- 4002-3131 (Capitais e Regiões metropolitanas)
- 0800-283-0649 (demais localidades)
AO ligar para estes números somos direcionados para o chat e para um e-mail sem retorno.
Ninguém nos atende.
VOCE ASSINA O SERVIÇO, PAGA, NÂO RECEBE UM FILME SEQUER E NÂO CONSEGUE CANCELAR.

FUJAM DESTA EMPRESA.

Selminha disse...

O que o klaus disse acima e totalmente verdade!

Eu estou passoando por isso!

Fujam dessa empresa!

roberto.cr disse...

que chato ler isso na primeira ocorrência do google sobre esse cara.
liguem pro SAC, se não funcionar, usem o reclameaqui, se não funcionar, vão atrás de seus direitos.
realmente nessa época que vocês reclamaram, eles estavam passando por problemas:
http://www.reclameaqui.com.br/indices/8140/netmovies/
mas foi neutralizado. basta pesquisar.

Taynam disse...

NÃO FORNEÇAM DADOS A ESTA EMPRESA!
É PURO ROUBO.

COBRAM E NÃO ENTEGAM DVDS! CUIDADO.

Ângelo Alvarenga disse...

Eu fui assinante por um período e cancelei sem problemas.

Ana Lucia Azevedo disse...

Concordo com minha irma, Suzana Azevedo Vancelloti sobre iniciativa do sr. Daniel Topel que e realmente otima porem, infelizmente nao esta bem acessorado. Sua equipe nao tem o menor respeito com seus associados, os serviços telefônicos realmente não atendem o consumidor. no meu caso especifico nao tive nenhuma cobranca indevida e espero nao ter. O meu problema e que estou tentando pagar a mensalidade e eles nao debitam do meu cartao de credito, nao entram em contato comigo nem por e-mail. Nao responde os meus inumeros recados deixados no site na sessao de atendimento ao cliente netmovies e nao efetuam o meu cancelamento de forma alguma. Hoje postei meu ultimo pedido de cancelamento, agora recorrerei ao senhor,pois seus funcionarios nao me atendem. Veja o nº absurdo de reclamações no site reclame aqui.Faco minha as palavras da minha irma, tambem vitima do descaso e despreparo da empresa.

Emerson Ribeiro disse...

Meu Deus do céu...por que não pesquisei antes de assinar esta porcaria.
Eles não respeitam o direito básico do consumidor que é de não querer e cancelar o serviço. Fiz isto depois de entrar no site e ver a qualidade dos filmes online e até agora nada...lamentável. Espero que este cara aí em cima tome providências...

Anderson disse...

Ainda bem que chegou a NETFLIX no Brasil pra botar ordem nesse mercado.

Lucio disse...

Pelo visto estou dando sorte, pois já sou associado há vários meses e até agora não tive nenhum problema e os que tive, forma rapidamente sanados, inclsuive já ocorreu ocasiões em que tive até 3 filmes em casa...até agora, sem problemas.

Anônimo disse...

para mim este Daniel tinha que voltar a estudar....sua ideia funcionou na teoria , porém na prática a coisa funciona da pior forma que já se viu. Tento assistir um filme e o mesmo está a 9 meses no topo da minha lista...e nada de solucionarem..e se vc abre o chamado, só sabem pedir desculpas pelo transtornos...tenho chamado desde 2010 sem responder...já viram isso????? Para todos os problemas existem apenas uma resposta , não analisam cada problema..também pudera, são milhares.